fbpx

O Papa Francisco e a tecnologia nas JMJ e na mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais

 

As Jornadas Mundiais da Juventude, que aconteceram no Panamá em Janeiro, tecnologicamente foram marcadas pelo momento em que o Papa Francisco na praça de S. Pedro, no Vaticano, anunciou ter criado a sua conta de utilizador no Click To Pray.

O Papa Francisco utiliza um tablet e diz

“A rede pode nos ajudar a rezar juntos. Por isso, gostaria de apresentar o aplicativo oficial da Rede Mundial de Oração do Papa: ‘Click To Pray’”.

Este foi sem dúvida um momento histórico, pois mostra o quanto a presença online é importante para a Igreja nos dias de hoje.

A App Click To Pray foi, sem dúvida, uma novidade que a Rede Mundial de Oração do Papa deu à Igreja e, sendo assumido pelo Papa como um veículo fundamental para a Oração nos dias de hoje, mostra claramente como a tecnologia é parte integrante de todos nós.

Aproveitou e lembrou também que em breve iria publicar a Mensagem para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, que acabou por acontecer no passado dia 24 de Janeiro (leia aqui).

Deste texto, transcrevemos particularmente este excerto:

Do «like» ao «amen»

“A imagem do corpo e dos membros recorda-nos que o uso da social web é complementar do encontro em carne e osso, vivido através do corpo, do coração, dos olhos, da contemplação, da respiração do outro. Se a rede for usada como prolongamento ou expetação de tal encontro, então não se atraiçoa a si mesma e permanece um recurso para a comunhão. Se uma família utiliza a rede para estar mais conectada, para depois se encontrar à mesa e olhar-se olhos nos olhos, então é um recurso. Se uma comunidade eclesial coordena a sua atividade através da rede, para depois celebrar juntos a Eucaristia, então é um recurso. Se a rede é uma oportunidade para me aproximar de casos e experiências de bondade ou de sofrimento distantes fisicamente de mim, para rezar juntos e, juntos, buscar o bem na descoberta daquilo que nos une, então é um recurso.

Assim, podemos passar do diagnóstico à terapia: abrir o caminho ao diálogo, ao encontro, ao sorriso, ao carinho… Esta é a rede que queremos: uma rede feita, não para capturar, mas para libertar, para preservar uma comunhão de pessoas livres. A própria Igreja é uma rede tecida pela Comunhão Eucarística, onde a união não se baseia nos gostos [«like»], mas na verdade, no «amen» com que cada um adere ao Corpo de Cristo, acolhendo os outros.”

Olhando para estes dois grandes momentos de comunicação, comunhão e comunidade facilmente se percebe que o futuro passa sempre pelas pessoas e ir ao seu encontro é parte fundamental da Igreja.

O Kyrios ChMS tem na sua base a gestão e comunicação para a Igreja

Desde o seu nascimento que os vetores principais do Kyrios ChMS são ajudar a Igreja e todos os seus intervenientes, desde as Paróquias, às Instituições, bem como a qualquer grupo de jovens, a evoluir e a acompanhar os novos tempos, as novas tendências e toda esta evolução que muda constantemente a forma de comunicar e viver em comunidade.

No Kyrios encontram as ferramentas e equipa que o podem ajudar a dar este salto, para que possa melhorar a sua organização, com a gestão normal como tesouraria, famílias ou processos, mas também com a parte da comunicação com as Páginas Internet, Newsletters e App, com ligações para as redes sociais, tornando-se um HUB de gestão centralizada de todas as ferramentas que são utilizadas pelas comunidades, possibilitando que consiga também estar presente, acompanhar e evoluir em conjunto.

Com o Kyrios ChMS, pode:

Conte connosco, nós trabalhamos todos os dias para tornar o Kyrios ChMS a melhor solução para ajudar a Igreja na sua missão.

 

Contacte-nos e iremos ajudá-lo!

No Kyrios ChMS irá encontrar as ferramentas certas para o seu dia-a-dia, como por exemplo, funcionalidades para comunicação com a sua comunidade e grupos de trabalho.

Pode contar com a nossa oferta de Website + Aplicação Móvel + E-mails profissionais + Newsletters grátis por 30 dias e, se desejar aderir, o valor da adesão será muito baixo, de forma a que todos possam beneficiar destas ferramentas de comunicação essenciais para a Igreja nos dias de hoje.

Comments are closed.